Nova Europa - SP

Nova Europa - cidade do Estado de S.Paulo, localizada na latitude Latitude-Longitude: 21º 46' 42" Sul e a uma longitude 48º 33' 39" Oeste, com altitude de 490 metros. Possui uma área de 160,88 km². População de 10.092 habitantes. Situada a 317 Km da cidade de de S. Paulo - capital do Estado.
Hidrografia: Principal rio é o Itaquerê, que é afluente do Rio Jacaré-Guaçu. O Rio Itaquerê tem 12 afluentes: Córregos da Preguiça, São Salvador, Água Sumida, Barreiro, Forquilha, Paiol, Nova Europa e Aparecida.

Formação Administrativa:
""Distrito criado com a denominação de Nova Europa, por Lei Estadual nº 1409, de 30 de dezembro de 1913, no Município de Ibitinga.
Nos quadros de apuração do Recenseamento Geral de I-IX-1920, Nova Europa figura como Distrito de Município de Ibitinga.
Lei Estadual nº 2085, de 18 de dezembro de 1925, transfere o Distrito de Nova Europa do Município de Ibitinga para o de Tabatinga.
Em divisão administrativa referente ao ano de 1933, o Distrito de Nova Europa figura no Município de Tabatinga.
Em virtude do Decreto-lei Estadual nº 14334, de 30-XI-1944, que fixou o quadro territorial para vigorar em 1945-1948, o Distrito de Nova Europa figura igualmente no Município de Tabatinga, assim como no fixado pela Lei nº 233, de 24-XII-1948 para 1949-1953."" ( Fonte: IBGE: http://www.ibge.gov.br/cidadesat/painel/painel.php?codmun=353290# ).
Fundação de Nova Europa: 30.01.1907. Elevada à categoria de Município, com a denominação de Nova Europa (Lei estadual nº 2456, de 30 de dezembro de 1953, desmembrado de Tabatinga. Constituído do Distrito Sede. Sua instalação verificou-se no dia 01 de janeiro de 1955.

Economia: Possui comércio diversificado, destaca-se a agroindústria, onde a Usina Santa Fé, que localiza-se no município, produz álcool e principalmente o açúcar Itaquerê. Possui rebanhos bovinos e suínos. A agricultura além da cana-de-açúcar, destacam-se a laranja, milho, a soja, algodão, café e arroz.
Gentílico: Nova-europense

Nova Europa on line

História

A origem remonta a 1815, quando foi concedida uma sesmaria do Cambuhy, nos sertões de Araraquara, ao Coronel Joaquim José Pinto de Moraes Leme. Em 31 de Outubro de 1906, o Desembargador Bernardo Avelino Gavião Peixoto, herdeiro da antiga sesmaria, transferiu ao governo do Estado 5.000 alqueires, metade doada e metade vendida, onde foram instalados os núcleos Residenciais de Nova Europa, Gavião Peixoto e Nova Paulicéia desmembradas do Núcleo Colonial do Cambuhy. ( De acordo com o decreto nº 1432, de Janeiro de 1907.)
Núcleo colonial é uma reunião de lotes medidos e demarcados, formando um grupo de pequenas propriedades rurais que pode ser organizado pelo governo federal, estadual ou municipal ou ainda, por empresas privadas. O núcleo Colonial de Nova Europa foi organizado pelo Governo Estadual de S. Paulo.

A intenção do governo era fixar os colonos nos lotes rurais, os quais tinham 25 hectares, aproximadamente 10 alqueires, reservando-se para cada núcleo 20 alqueires para demonstração mantido pelo governo, 10 alqueires para a instalação da sede urbana, onde as residencias seriam instaladas em datas urbanas de 20 X 40m. O colono dono somente poderia adquirir sua data urbana, se já estivesse estabelecido em seu lote rural. O preço das datas urbanas era em torno de 100 Reis o metro quadrado. Para adquirir seu lote rural, as famílias de imigrante deveriam possuir pelo menos três pessoas maiores de 12 anos aptas ao trabalho. Para evitar a concentração de terra e especulação imobiliaria, proibiram-se um colono de possuir mais de um lote. Os títulos definitivos eram concedidos após o pagamento da ultima prestaçãoo, ou no caso do falecimento do chefe da família, quando pagas a 3 primeiras prestações do lote. (Fonte: Prefeitura de Nova Europa)

O nome da cidade é uma homenagem ao grande número de imigrantes europeus que colonizaram a cidade. Em sua maioria os imigrantes eram espanhóis, alemães, italianos, russos e estonianos. O primeiro grande numero de imigrantes a chegar foram os russos, contudo sofreram muito com a febre amarela no inicio do século, atualmente o maior grupo de imigrantes é o dos alemães, que chegaram em grande numero, entre os anos de 1908 a 1925. O núcleo colonial de Nova Europa se destacou pela alta produção de café, arroz, algodão, milho e outros cereais. Pouco sobrou das tradições dos primeiros moradores europeus. Na tranqüila Nova Europa os muros das casas ainda são baixos, os vizinhos se conhecem e as crianças brincam na rua.

Pouse o sensor do mouse sobre as fotos para ler as legendas... e click para ampliá-las!


Festa do Sagrado Coração de Jesus na Igreja de Nova Europa - SP Mapa do Núcleo Colonial Nova Europa - SP
José Ruiz Gea - imigrante espanhol Família Ruiz em Nova Europa-SP - 1912 Nova Europa década de 20 (João Dosvaldo) Nova Europa - anos 20 (Acervo João Dosvaldo) Nova Europa - anos 20 (João Dosvaldo) Matriz Nova Europa (Glacy Weber Ruiz) Mapa do Núcleo Colonial N. Europa

O imigrante espanhol José Ruiz Gea , sua esposa Isabel Martinez Cayuela e filhos: Manoel, Antonia, Juan, Francisco e Pedro Ruiz Martinez fizeram parte dos primeiros colonizadores de Nova Europa. Imigrantes originários de Velez Rubio , província de Almeria, na região de Andalucia, Espanha. Haviam se estabelecidos em 1906 em Dourado - SP, trabalhando nas fazenda de café do Dr.Carlos Botelho, desde a chegada ao Brasil em 17 setembro de 1906.

Em 1912 a família Ruiz já estava no Núcleo colonial de Nova Europa. A maioria da 1ª geração dos Ruiz nascidos no Brasil, nasceram em Dourado e Nova Europa.

Francisco Ruiz Martinez e esposa Amália Romera Martins se estabeleceram no sítio no Córrego Barreiro em Nova Europa.

José Ruiz Gea, o patriarca da família, adquiriu o lote nº 175, no Córrego Bonito, em Nova Europa, pagando 296.200 réis o m2. Esse lote foi pago em parcelas da seguinte forma:

  • 1ª prestação em 08.05.1916 .................... valor: 355.440
  • 2ª prestação em 25.09.1917 .................... valor: 355.440
  • 3ª restação em 29.09.1918 ...................... valor: 355.440
  • 4ª e 5ª prestação em setembro de 1923 .. valor: 710.880
Valor Total pago: .............................................. 1.777.200 réis

Título definitivo nº 12, talão 3 - em 11.05.1921 - tem assinatura de José Ruiz Gea
Fonte: Arquivo Estado de S. Paulo - Doc: Núcleo Colonial Nova Europa 1909/1922 - página 175 - ref: EO1769.
Pesquisadora: Glacy Weber Ruiz Cavallaro.

A colônia de Nova Europa passou a Distrito de Paz em 30 de Dezembro de 1913, pela lei nº 1409, com sede na Estação da Estrada de Ferro Douradense, a qual foi inaugurada em 25 de Setembro de 1908. Foi incorporada ao Município de Tabatinga em 18 Dezembro de 1925, tornando-se Município em Dezembro de 1953, pela lei nº 2456.

De 1925 a 1954 pertenceu a comarca de Ibitinga, de 1954 a Outubro de 1969 passou a pertencer à comarca de Itápolis, posteriormente passou a pertencer a Comarca de Araraquara a qual pertence até hoje.

Imigrantes em Nova Europa

O Núcleo Colonial Nova Europa era formado pelos atuais municípios de Nova Europa, Ibitinga, Tabatinga.

Sobrenomes dos Pioneiros:
Abermann, Abreu, Albrecht, Ambrosen, Assme, Baumann, Barbist, Beluchi, Belther, Bianchini, Bocatti, Brunasse, Budernich, Buzzá, Camacho, Canovas, Carrasco , Carrilo, Castilho, Cazetto, Charnet, Cherneluki, Chiarelli, Christensen, Contrera, Costa, Dantas, Dalri, Dias, Diman, Dosvaldo, Dummer, Engel, Esteves, Fausti, Felippe, Fikertm, Fortunato, Fraige, Frezza, Fröhlich, Fuentes, Furlan, Galera, Garcia, Genaro, Geisler, Gil, Gonçalves, Gorgulho, Gongorowsky, Gröner, Gruse, Hack, Harchetti, Hässler, Hartung, Hermam, Höffmann, Holzhausen, Janke, Jakobsenco, Jordão, Juliani, Kermason, Kiefer, Kfouri, Koch, Kohler, Köppen, Kraieski, Kulpin, Lazaretti, Lissau, Lopes, Lubak, Lüchtenthaler, Lupion, Lutz, Mállio, Marrero, Marinelli, Martik, Martinez Cayuela, Martinez Sanchez , Marum, Mazzafera, Mello, Merlos Ruiz, Metidieri, Micke, Nava, Navarro, Nicoletti, Nicolielo , Nierengarten, Nikolwitch, Nocetti, Ortega, Ostrowsky, Ozolin, Palhares, Parra, Paschoal, Paveleck, Peralta, Peres, Piazzi, Piltz, Pisoloscky, Polli, Prüfer, Pütt, Radetzki, Rodrigues, Rmanini, Romera , Romero, Rossi, Rubino, Ruiz Gea, Ruiz Martinez, Rusafa Garcia, Salas, Sanchez, Santinoni, Santonini, Schimidt, Schlemmer, Schultz, Schrörder, Seidel, Simões, Spikaliski, Smith, Stanchesky, Stanchen, Toledo, Tomiasi, Upeneck, Velasco, Velasques Morandi, Vendramin, Wagner, Weiss, Westermann, Wilenski, Wirges, Wolgemuth, Woÿak, Zeiski, Zeraik...

Lista de Pioneiros do núcleo Colonial Nova Europa, estabelecidos nos lotes do lado esquerdo do rio Itaquerê:

01- José de Oliveira Franco
02- Jacob Schultz
03- Administração do Nucleo
04- Alexandre Serin
05- Julio Adan
06- Alexandre Tamann
07- Pieri Brun
08- Julio Hoffmann
09- Girolamo Bruzio
10- Miguel Fuschiani
11- Adão Wirges
12- David Lies
13- Julio Flicleolin
14- João Weter
15- Victor Chauvi
16- Francisco Wirges
17- Fritz Malves
18- Jacob Stauss
19- Gustavo Werber

20- Leonty Kiricheuko
21- Canato Severino
22- Diman Matheus
23- Paulo Hoffmann
24- Carlos Hoffmann
25 -Cristof Bartels
26- Kristof Kitzmann
27- Augusto Rohr
136- José Wünsch
137- Gustavo Ianke
138- Ernesto Ianke
139- Antonio Leal Rodrigues
140- Felipp Lüchtenthaler
141- Felipp Lüchtenthaler
142- Fredirico Wagner
143- José Joaquim Carpinteiro
144- Hermann Nehring
145- Gustavo Budernich
146- João Grassel

147- Alberto Hauschow
148- João Zillio
149- Nicola Fretz
150- Manoel Gomes Figueroa
151- José Antonio Alves
152- Fritz Zahzer
153- Carlos Ballord
154- Wilhelm Geissler
155- Theodoro Ziebert
157- Francisco Wirges
158- George Smodzty
159- Viuva Cristina Kleindens
160- João Gomes Castilho
161- Augusto Schmidt
162- João Baptista Garcia
163- Ferdinando Schimdt
164- Ferdinando Schmidt
165- Donato Genaro
166- Donato Genaro
167- João Iollemayer

Fonte: Álbum de Araraquara, ano de 1915, Fls.149 e 150. ( Colaboração de João Dosvaldo - Nova Europa - SP )

Hino de Nova Europa

Letra: Profa. Sônia Mendonça.
Música: Maestro Gilson Roberto Gonçalves Pinto .

Terra de sonhos ousados,
de imigrantes europeus.
Seus destinos traçados,
cultivaram o chão
abençoado por Deus.
No inicio, esperança.
No presente ventura.
Que orgulho contigo morar!
Refrão:
Nova Europa, um mistério tem
fácil de explicar
recebe todos sem perguntar
gente daqui, daquém ,
que a terra logo aprendem a amar.
II
É grande a sua beleza,
o verde dos canaviais,
modelando a natureza
esperança aos rurais,
o seu solo sagrado floresce,
de manhãs radiantes,
cachoeira intrigante
e a certeza de felicidade!


Fontes de Pesquisa:

  • Arquivo do Estado de S. Paulo
  • Prefeitura Municipal de Nova Europa
  • Nova Europa: A ideologia Germanista no interior Paulista - Janaina Cintrão
  • Os Núcleos Colônias do Cambuhy - M. M. Ferrari
  • Nhonho Magalhães, um homem Alem de seu tempo? M. J. S. G. Vechia
  • IBGE
  • Internet, Orkut...


Livro de Visitas

Glacy Weber Ruiz

E-mail:
weber.ruiz@gmail.com

Família Ruiz | Londrina - PR | Família Martinez Sanchez | Vélez Rubio - ES | Lista de Sobrenomes | Familia Weber